DISAL responde: por que a sua parcela de consórcio aumenta?

Hoje, você consegue comprar a mesma quantidade de produtos que comprava no mercado no ano passado? Fácil essa, né? Com certeza, pelo menos um dos itens precisa ficar de fora porque o poder de compra diminuiu. Culpa da inflação e das mudanças econômicas, que parecem fazer o salário encolher cada vez mais. O exemplo parece óbvio, mas ajuda a entender porque as parcelas do consórcio aumentam.

É que, assim como o pãozinho, o arroz e o feijão lá do mercado, os carros também sobem de preço. Esse aumento é determinado pela montadora por vários motivos, como lançamento de novos modelos, o fim da redução no IPI, a inflação e por aí vai.

Mas no consórcio, ao contrário do que acontece no mercado, nada pode ficar de fora do carrinho. Todos os participantes precisam contribuir para que o caixa do grupo possibilite a compra do bem.

Ou seja, a sua carta de crédito precisa garantir que, ao ser contemplado, você tenha recursos suficientes para comprar o bem contratado em seu plano, que pode ser um Gol 1.0, por exemplo. Esse poder de compra deve ser mantido por todos os participantes do grupo (contemplados ou não), para que os participantes contemplados possam ver o Gol na garagem.

Por isso, quando o fabricante determina o aumento do valor do automóvel, esse aumento é cobrado de todos os participantes, para manter o poder de compra do grupo e garantir o carro para quando a contemplação acontecer.

O mesmo vale se o fabricante determina a diminuição do valor do bem. Aí, é só alegria: você continua com crédito suficiente para comprar o carro na contemplação, mas paga parcelas mais baixas, que dão aquela aliviada no orçamento.

infografico_vfinal

 

É importante lembrar que a alteração no valor do bem (aumento ou redução) é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios.

Ficou mais fácil de entender? Se você ainda tiver dúvidas sobre a alteração no valor das parcelas, conte conosco! Nossos Canais de Atendimento estão à disposição para te ajudar, confira no link: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco.

154 comentários em “DISAL responde: por que a sua parcela de consórcio aumenta?”

      1. não gostei dessa explicação…quer dizer que vai continuar aumentando, quero ver, se todos saírem do consorcio…com esses aumentos, independente de valor, essa explicação é fraca, minha opinião, e outra dei um lance considerado alto, par o momento econômico em que vivemos, e nada..vou da esse mês outro lance alto espero ser sorteado…mas essa explicação não foi convicente

        1. Olá, Alexinaldo! Lembramos que o valor do lance é de escolha do participante que faz a oferta. Você pode acompanhar todo o histórico de lances ofertados e das contemplações do seu grupo pela Área do Cliente do nosso site: http://www.disalconsorcio.com.br/areadocliente. Em caso de dúvidas, conte também com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050. Obrigado!

        2. Se entrar em com consórcio pagando prestações de R$580,00. Dou um lance de 40% do valor do veículo , o valor da parcela diminui 40% também? Sendo que o valor das parcelas acompanham o valor do veículo? Estou achando que consórcio é uma roubada!

          1. Olá, Bia!

            Conforme o Regulamento dos grupos de Consórcio, o valor do lance poderá ser destinado para abater prestações que ainda estão para vencer, sempre na ordem inversa dos vencimentos, ou ser diluído nas prestações mensais, o que pode acarretar em diminuição do valor da parcela.

            Se você tem um Consórcio com a Disal, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050 ouwww.disalconsorcio.com.br/atendimento, para que nossa equipe possa ajudá-la com todas as dúvidas.

            Agradecemos sua mensagem!

  1. Porque tenho que contribuir com os reajuste, sendo que minha cota já está contemplada e eu já estou com o carro, o meu carro só está desvalorizando, enquanto as minhas parcelas acompanhar esse reajuste?!

    1. Olá, Valentina!

      É como falamos no post: por se tratar de um investimento em grupo, todos os participantes (contemplados ou não) precisam contribuir para que o caixa do grupo possibilite a compra do bem, garantindo que todos tenham o mesmo poder de compra ao serem contemplados. Assim, todos os participantes poderão ver o bem contratado na garagem. Lembramos também que esse aumento ou redução no valor da parcela é determinado pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios.

      Caso ainda tenha dúvidas, nossa Central de Atendimento está à disposição para ajudá-la, seja por telefone ou internet: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco. Agradecemos seu contato!

  2. SEGUINDO O EXEMPLO DA VALENTINA, EU AINDA NÃO FUI CONTEMPLADO, QUANDO ENTREI NO GRUPO MINHA CARTA ERA NO VALOR DE 37,040(GOL I-MOTION), AGORA ESTÁ POR 46,450, MINHA PERGUNTA É, SE TIVESSE ADQUIRIDO O BEM NOS PRIMEIROS MESES, EU IRIA ADQUIRIR UM BEM POR 37,040, E AGORA ESTARIA PAGANDO POR UM BEM DE 46,450…

    1. Olá, Laércio!

      Agradecemos sua mensagem 😉

      Para esclarecer sua dúvida, precisamos consultar os dados de sua cota, que são sigilosos. Por isso, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, que está à disposição para ajudá-lo, por telefone ou internet:

      http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco

      Obrigado e continue conferindo os nossos conteúdos!

  3. Olá,

    Parabéns pelas explicações. Minha dúvida é com relação se o aumento é abatido nas parcelas finais?

    Tinha negociado no ano passado consórcio no valor x, e agora o valor já diz ser outro no sistema, ou seja, negociado em 2014 36 mil e agora diz estar em 40 mil.

    Afinal, o que eu estou pagando, o valor de 36 mil do qual tive a carta de crédito ou o reajuste dito que está em 40 mil? e o aumento, é abatido ou não?

    Agradeço

    1. Olá, Eduardo!

      Muito obrigado pela mensagem. 😉

      Para esclarecermos sua dúvida, vamos precisar consultar alguns dados da sua cota. Portanto, pedimos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, para que possamos te ajudar melhor.

      http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco

      Qualquer dúvida, estamos à disposição e muito obrigado por acompanhar nossos conteúdos!

  4. Eu ia pagar 38 mil em um gol g6 e agora vou pagar 46 não tô entendendo o pq? tão roubando a gente de todo jeito nunca mais faço consórcio na minhá vida tava pagando uma parcela de 875 agora tô pagando uma de 1011 nunca mais msm faço consórcio tô revoltado com isso

    1. Olá, Bruno. A parcela varia de acordo com o valor do bem contratado. Neste blog nós

      explicamos todos os detalhes. Qualquer dúvida, conte conosco. Obrigado!

    1. Olá, Ricardo. Queremos entender porque a sua experiência com o consórcio não foi positiva para sempre melhorarmos o nosso atendimento. Em que podemos ajudá-lo?

    1. Olá, Marcelo! Tudo bem?
      Lamentamos que esteja arrependido com seu consórcio, mas é como explicamos no post: a alteração no valor das parcelas é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema.
      Mas mesmo com o reajuste, não se arrependa, pois você fez um bom negócio. Enquanto em outras modalidades de financiamento, os custos podem chegar a aproximadamente 75% do valor do veículo, no consórcio, esse valor fica em cerca de 20%.
      A modalidade é ideal para quem precisa planejar a sua compra e o aumento na parcela existe justamente para assegurar que o bem retirado seja o mesmo que foi escolhido na hora de aderir ao plano.
      Obrigado pelo seu comentário 😉

  5. Prezados, eu compreendi a racional do consorcio… No entanto, gostaria de saber qual a fonte/ site que posso consultar os reajustes propostos pelas montadoras? Seja aumento ou desconto. Pois estamos passando por um momento de crise, na qual teoricamente deveria haver uma queda dos preços e sinceramente desconheço qualquer consorcio da disal que tenha sofrido desconto. As parcelas somente aumentam, um absurdo.
    Minha carta inicial foi 25.000 e agora está em 31 mil. Por favor, podem me auxiliar com estas fontes? Caso contrario, vou entrar com uma ação contra vocês.

    Obrigado pela atenção,

    1. Olá, Diego! Tudo bem?
      Você pode verificar o valor do bem objeto do seu plano diretamente no site do fabricante. Para facilitar essa busca, sugerimos que verifique no extrato da sua cota, na Área do Cliente do nosso site, o código do bem objeto do plano: http://www.disalconsorcio.com.br/areadocliente.
      Lamentamos pela situação, mas é como explicamos no post: essa alteração no valor do bem (aumento ou redução) é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios.
      Qualquer dúvida, conte também com a nossa Central de Atendimento, por telefone ou e-mail: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco.
      Agradecemos seu comentário!

  6. Eu também não aconselho ninguém a fazer consórcio, na hora da contratação eles não explicam como funciona so querem vender, meu consórcio de uma biz ja foi reajustado 4 vezes em 1 ano e um mês que fui contemplado um absurdo! No final das contas vai sair quase a mesma coisa de um financiamento. Se fosse reajustado uma vez por ano ate que eu entenderia mas não faz nem 4 meses que aumentou e já aumentaram de novo esse mês.. E minha biz so ta desvalorizando na realidade!

    1. Olá, Guilherme! Tudo bem?
      Sentimos pela sua decepção com o consórcio, mas é como está no post: a alteração no valor das parcelas é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema.
      Mas mesmo com o reajuste, não tenha dúvidas de que você fez um bom negócio. Enquanto em outras modalidades de financiamento, os custos podem chegar a aproximadamente 75% do valor do veículo, no consórcio, esse valor fica em cerca de 20%.
      A modalidade é ideal para quem precisa planejar a sua compra e o aumento na parcela existe justamente para assegurar que o bem retirado seja o mesmo que foi escolhido na hora de aderir ao plano.
      Obrigado pelo seu comentário 😉

  7. Adquiri um veiculo por 33.000,00, já paguei 22.000,00 de parcelas e ainda estou devendo 27.000,00, se eu vender o veiculo tenho que completar com 2.000,00 pra ficar livre do consórcio e ainda perder 24.000,00. Saiam fora de consórcio. E o mais incrível é dizerem que isso tem respaldo jurídico.Indignadissimo!

  8. Nunca mais na vida faço consórcio. O meu é do Itaú, mas no primeiro mês aumentaram 170 reais na minha parcela, eu briguei e voltou ao valor combinado. Agora já aumentaram 50 reais na parcela novamente. Ninguém explica isso quando compramos o veículo. Peguei um carro usado e não concordo com isso porque carro desvaloriza, se eu for vender o meu agora, não vou receber o que paguei por ele há 2 meses. Entendo a lógica explicada, mas acho abuso com o consumidor nos fazer pagar por uma falsa valorização. O meu consórcio é de um carro 15/15, por que devo pagar o valor de um 15/16 ou 16/16? Se soubesse disso, jamais teria entrado no consórcio, preferia ter dado a metade do valor do veículo (que foi meu lance) e comprado com financiamento normal.

    1. Olá, William! Tudo bem?
      Lamentamos que não esteja satisfeito com seu consórcio, mas é como falamos no post: a alteração no valor das parcelas é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema. Para evitar surpresas ao longo do plano, na Disal, nós optamos por explicar cada detalhe ao consorciado.
      Mas mesmo com o reajuste, não tenha dúvidas de que você fez um bom negócio. Enquanto em outras modalidades de financiamento, os custos podem chegar a aproximadamente 75% do valor do veículo, no consórcio, esse valor fica em cerca de 20%.
      A modalidade é ideal para quem precisa planejar a sua compra e o aumento na parcela existe justamente para assegurar que o bem retirado seja o mesmo que foi escolhido na hora de aderir ao plano.
      Obrigado pelo seu comentário!

  9. o meu caso e o mesmo, sendo que ja fui com esta duvida na conssecionario renoult peguntei a vendedora chamada monica rejane e ela me confirmou que pagaria somente 420,00 do começo ate o fim passou o tempo e quando a carta chegou em caso com meus dados e cota senha etc ,, dizia apatir de ser contemplado tera um aumento de 25% do valor , e digo mas ela ainda me falou que so comesaria a pagar em março, e no meu extrato ja costa o vencimento agora para 21/01/2016 etou muito indignado fui lezado e estou muito aborecido simplismente porq falei a situaçao que aconteceu com meu pai que foi um consorcio da chevrolet que depois disparou o preço e ela dona monica da loja que fica na Av norte recife me garantiu que seria somente este valor. sinto muito mas vou procurar meus direito. e augem vairesponder

  10. Eu já estou com o carro há 5 meses e o valor das minhas parcelas só aumenta , o que está acontesendo? de 432 reais foi pra 600 reais de 600 reais foi pra 690 reais de 690 reais foi pra 706 de 706 foi pra 717 e agora pro mes de fervereiro vou ter que pagar 732 reais , nunca vou pagar um valor exato? em mes em mes está subindo .isso é normal? acho que isso é caso de justiça. vcs vão ter que mim restituir. a carta de credito pra mim foi de 40.800 , paguei 4.200 reais a mais na consecionaria pois o valor do veiculo era 45.000 reais. o valor que vcs estão colocando do carro não é o mesmo valor do carro que estou , 54.000 reais é o completão , aguardo resposta obrigado.

    1. Olá, Elielcio! Tudo bem?
      Sobre esse aumento em sua parcela, é como falamos no post: esse aumento ou redução no valor do bem é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios.
      Isso acontece porque o valor da parcela está diretamente ligado ao valor do bem, por isso, quando fabricante aumenta o valor do bem, o mesmo ocorre com a parcela. Esse reajuste é a garantia de que todos os consorciados do grupo, ao serem contemplados, possam comprar o carro escolhido ao aderir ao plano.
      Ressaltamos que nossos planos utilizam o valor do carro determinado pelo fabricante, e a carta de crédito pode ser utilizada em nossa Rede Autorizada, com mais de 200 Concessionárias em todo o Brasil. Caso algum problema tenha ocorrido ao longo da negociação, é importante registrar em nossa Central de Atendimento, por telefone ou e-mail: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco.
      Nossa equipe está à disposição para ajudar. Obrigado!

  11. Olá, gostaria de saber porque pagamos o aumento por um bem de modelo de ultimo lançamento, sendo que nao estamos usufruindo do mesmo, ou seja pagamos por um modelo atual usando modelo antigo, gostaria de saber tambem se há algum beneficio para esses que ainda pagam o modelo antigo ?

    1. Olá, Albert! Tudo bem?
      Como falamos no post, a alteração (aumento ou redução) no valor do bem é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios.
      Por exemplo: se o valor do veículo sofre um reajuste de +1,5%, neste caso, o valor da parcela será reajustado também em +1,5%. O mesmo ocorre quando o reajuste for para menor. Assim, se o valor do bem for reajustado para -1,7%, a parcela também será reduzida na mesma proporção.
      No caso de cotas contempladas, a parcela não sofrerá mais reajustes apenas se o bem objeto do plano for descontinuado pelo fabricante, assim, os valores das parcelas ficarão fixos. Se a cota ainda não tiver sido contemplada, então o consorciado terá que optar pela substituição do bem.
      Reforçamos que nossa Central de Atendimento está à disposição para esclarecer essa e outras dúvidas sobre o consórcio, por telefone ou internet: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco.
      Agradecemos seu comentário!

  12. ola fiz um consorcio fui contemplado na 4 parcela fui pegar o carro a parcela subia pra quase 800 reais e certo isso eu pagava 515 de parcela consorcio wv

    1. Olá, Alex! Tudo bem?
      É como explicamos no post: essa alteração no valor do bem (aumento ou redução) é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios. E como o valor da parcela está diretamente ligado ao valor do bem, quando fabricante altera esse valor, o mesmo acontece com a parcela.
      Lembramos que esse reajuste é a garantia de que todos os consorciados do grupo, ao serem contemplados, possam comprar o carro escolhido ao aderir ao plano. Assim, com o crédito em mãos, você tem o poder de compra do modelo escolhido e conta com nossa Rede Autorizada de mais de 200 Concessionárias em todo o Brasil.
      A equipe de nossa Central de Atendimento também está à disposição para esclarecer todas as suas dúvidas sobre o seu grupo, por telefone ou internet: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco.
      Agradecemos seu comentário!

  13. Cordiais saudações á todos!!
    Sirvo-me pelo presente expor a minha real indignação por este consorcio! uma coisas em comum a todos nós é que a parcela nunca baixa só aumenta todos os meses. Quando ligamos para central uma resposta em comum ” o valor do veiculo aumenta conforme fabricante” nada claro, nada substancial! a pergunta é porque o valor da parcela não baixa?

    Convido a todos a criarmos uma pagina no faceboock para mostrar nossa indignação com o objetivo q essa empresa seja mais clara com os seus consorciados ou sabermos se é ilegal ou legal a forma que ela conduz o consorcio!

    1. Olá, Moisés! A Central explicou corretamente sobre o aumento na parcela: quem determina essa alteração (aumento ou redução) é o fabricante e ela é válida para todo o sistema de consórcios. Você pode acompanhar o valor do bem objeto do seu plano diretamente no site do fabricante e, para facilitar essa busca, sugerimos que verifique no extrato da sua cota, na Área do Cliente do nosso site, o código do bem objeto do plano: http://www.disalconsorcio.com.br/areadocliente.
      Lembramos que, caso o fabricante reduza o valor do veículo, o mesmo irá acontecer com a sua parcela.
      Conte sempre com a nossa equipe de atendimento para esclarecer todas as dúvidas, estamos à disposição para que todas as informações fiquem claras 😉
      Obrigado pelo seu comentário.

  14. O único lesado é o cliente já contemplado, principalmente o que já tem o bem. Quem ainda não foi contemplado está pagando aquilo que um dia vai receber.

    O cliente contemplado com o bem, tem algo que deprecia e paga por algo que valoriza (carro 0km).

    Com essa variação grande que tem ocorrido, no final um CDC pode até ser mais vantagem do que um consórcio.

    1. Olá, Davi!
      Obrigado pelo seu comentário. É importante ressaltar que os participantes sorteados antes recebem o benefício de aproveitar o carro mais cedo, mas não podemos esquecer que o consórcio é uma modalidade de financiamento baseada na união de pessoas em um grupo, por isso, todos devem contribuir para manter o poder de compra dos participantes até o fim do grupo.
      Mesmo com os reajustes na parcela, não tenha dúvidas de que fez um bom negócio. Enquanto em outras modalidades, os custos podem ficar em torno de 75% a mais que o valor do veículo, no consórcio da Disal, esse custo não ultrapassa os 20%.

  15. A minha cota está contemplada e já faço uso do imóvel, vale a pena adiantar algumas próximas parcelas um mês antes do reajuste anual? Ou vou ter que pagar a diferença do reajuste diluído nas demais parcelas?

    1. Olá, Vinicius! Na Disal, não temos cotas de imóveis, apenas de veículos. Orientamos que esclareça essa dúvida junto à sua administradora, de acordo com as condições do seu plano 😉 Obrigado!

  16. Boa Tarde Fiz um consórcio na Remaza Tatuapé SP de uma moto Honda PCX,quando fiz ficou combinado que pagaria 356 reais e assim que chegou o boleto veio com o valor de 395,00 isso em fevereiro agora em março veio com o valor de 491,00 como pode em 2 meses a parcela aumentar 136 reais? No site da honda a moto custa 11.234,00 e no site da remaza 12.430,00 como pode isso,estou arrependido de ter feito esse consórcio pois já fiz cdc de uma outra moto w pagava parcelas fixas e tinha a moto comigo,agora além de pagar mais caro todo mês ainda continuo andando de onibus.

    1. Olá, Rodrigo! Na Disal, não temos consórcio de motos, apenas de veículos 😉 Orientamos que verifique a situação junto à sua administradora. Obrigado!

  17. Foi uma grande decepção fazer consórcio com vocês Disal! Propaganda enganosa por parte do vendedor e mais tudo o que foi dito aqui nos comentários!

  18. Eu fiz um consorcio Disal no dia 15/06/2015 referente a um Crossfox 1.6 com carta de credito no valor de R$62.490,00, as parcelas seriam de R$1.238,20 em 60 vezes(somando as parcelas daria um valor de R$74.292,00 que é o valor final. ou seja, valor do bem acrescido da taxa administrativa) o vendedor me informou que este valor a mais, ou seja, os R$11.802,00 era referente a taxa administrativa e que ao final do consorcio eu receberia uma pequena parte dele, por volta dos 2 a 3 mil. Achei uma proposta excelente. perguntei sobre oferta de lances e ele em apoio da gerente da concessionaria me afirmaram que se eu desse um lance e este fosse contemplado eu teria o valor pago no lance debitado do valor final do consorcio, e que o restante seria dividido pelo total de parcelas que ainda restavam e que estas seriam fixas, desde que o bem fosse adquirido. Caso eu estivesse em poder da carta de credito e a mesma não fosse utilizada, o valor do bem; Bem como os valores de parcela e taxa administrativa subiriam de valor em decorrência da valorização imposta pelas montadoras. Até aí tudo bem. De imediato paguei a 1 parcela de R$1.238,20 e dei um lance de R$30.000,00, ou seja, fui contemplado na 1 assembleia, porém, não adquiri o bem de imediato, fiz isso só no 3 mês. Quando adquiri o veiculo a carta de credito valorizou, foi para R$63.790,00. Em decorrência do lance, a minha parcela foi para R$770,63. Eu idiota, achei que seriam todas as parcelas restantes neste valor como a gerente da loja havia me informado, porém, de lá para cá, todo mês a parcela sobe de valor, “E O MAIS ABSURDO, A CARTA DE CREDITO CONTINUA SE VALORIZANDO” mesmo após ter pago o bem no valor de R$63.790,00 a carta continua a subir agora no 10 mês já está em R$66.850.00, daí eu pergunto: COMO ISSO É POSSÍVEL? E ESSE VALOR QUE ESTÁ PASSANDO? RECEBEREI ELE DE VOLTA? Pelos meus cálculos ainda restam 50 parcelas, se todo mês continuar subindo, até o final, o valor da parcela vai ultrapassar a casa dos R$1.600,00. o carro que eu comprei com R$63.790,00 já não vale nem R$ 55.500,00, isso o valor de tabela, porque na praça vale menos ainda. Estou me sentindo lesado, tanto pela Disal quanto pela concessionaria volkswagem que omitiu a verdade sobre esse consórcio, senão, jamais teria entrado nessa furada, o pior é que o problema não é só comigo, entrei hoje no site do Reclame Aqui e ví o monte de clientes que também estão se sentindo lesados. Gostaria de saber como isso vai terminar.

    1. Olá, Leidson.

      Lamentamos pelo seu relato. Na Disal, prezamos pela transparência nas informações e trabalhamos para esclarecer dúvidas por meio dos conteúdos aqui do Blog. O mesmo acontece no Reclame Aqui: cada contato que recebemos é tratado com total atenção, sempre buscando a melhor solução para o cliente.
      É muito importante que você registre o ocorrido em um de nossos canais de atendimento:
      > Central de Atendimento, para que nossa equipe possa ajudá-lo: 0800 703 0050 ou http://www.disalconsorcio.com.br/faleconosco.
      > Ouvidoria: 0800.725.2289

      Esse registro faz a diferença para verificarmos a situação na concessionária e melhorar sempre nossos serviços.

      Obrigado!

  19. Tenho uma carta contemplada através de lance , ja paguei mais de 40 parcelas das 61 do contrato. Me encaminharam uma carta de contemplação onde tive que pagar um valor de 978,00 para liberação da carta, pois bem paguei.
    Meu nome esta limpo e através de movimentação bancária comprovo mais de 7.000,00 de renda mensal sendo que minhas parcelas estão 750,00 mensal.
    Sou profissional liberal mas tenho contrato de prestação de serviço com uma empresa que ate passou um comprovante de ajuda de custo mensal mais comissão, agora não querem liberar o pagamento do carro que comprei por falta de comprovação de renda. Que é isso gente, na hora de vender não pedem nada.
    Grupo 2331 cota 210-1

  20. Não cantam nessa de consórcio isso é uma armadilha fiz um consórpág fiz um consórcio de um gol q valia 37 mil pagava parcela de 845 hj pago uma parcela de 1060 um absurdo isso liguei reclamando ninguém resolve nada só diz q o valor do bem de 37 subiu pra 46 não caíam nessa armadilha

    1. Olá, Bruno!

      Compreendemos a sua insatisfação, mas é como explicamos no post: a parcela aumenta porque seu valor está diretamente ligado ao valor do bem, que é determinado pela montadora. Assim, sempre que há alteração no valor do bem escolhido, a parcela terá alteração na mesma proporção, isto é, ela poderá aumentar ou reduzir, para garantir o poder de compra de todos os participantes do grupo, contemplados ou não. Essa variação no valor da parcela está prevista no regulamento do consórcio e, quando ocorre, há um aviso sobre a alteração no boleto de pagamento.

      Lembramos que os consorciados não contemplados podem solicitar uma única vez, a mudança do bem objeto de sua participação por um de maior ou menor valor, desde que atendidos os critérios do regulamento, para adequar o valor da parcela ao seu bolso.
      Mas mesmo com o reajuste, não tenha dúvidas de que você fez um bom negócio. Enquanto em outras modalidades de financiamento, os custos podem chegar a aproximadamente 75% do valor do veículo, no consórcio, esse valor fica em cerca de 20%.
      Conte também com a nossa Central de Atendimento para tirar todas suas dúvidas sobre sua cota: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco. Obrigado!

  21. Porque o valor das minhas parcelas estão subindo junto com o saldo devedor sendo que o valor do meu crédito não está subindo ? Desta forma será eu que não verei o carro na garagem, pois vou pagar um valor muito mais muito superior do que o valor do crédito e como vocês disseram os valores dos carros podem subir, se ta reajustando minhas parcelas então deveria reajustar o valor do meu crédito também. O valor do carro está subindo mais meu crédito continua o mesmo.

    1. Olá, Thayllon!

      Sempre que o fabricante reajusta o valor do veículo, essa alteração do valor é repassada diretamente ao valor do crédito do seu plano de consórcio, e por isso, as parcelas também são reajustadas. Ou seja: se o aumento ocorre devido ao reajuste do valor do bem, o mesmo acontece com o crédito, para garantir o seu poder de compra.
      Para verificar a situação do seu plano e o motivo do aumento das parcelas, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050 ou http://www.disalconsorcio.com.br/faleconosco.

      Agradecemos seu comentário!

  22. ola tenho um consorcio com a disal de o clasic 1.0 pago 665 de parcela todo més quero saber caso ese carro saia de linha e eu ja esteja com o bem sim vai cotinua tedo aumento ou náo vai ja que o veiculo saiu de linha ?

    1. Olá, Carla!

      Quando o bem é descontinuado, é realizada uma assembleia extraordinária para definir a substituição do bem objeto do plano. A partir de então, as parcelas dos consorciados contemplado, a vencer ou em atraso, irão permanecer no mesmo valor e só serão atualizadas quando houver alteração no preço do novo bem, na mesma proporção.
      Esse procedimento está previsto no regulamento do consórcio (cláusula XXVII) e você não precisa se preocupar, pois mesmo com o bem descontinuado, seu investimento continua seguro.

      Agradecemos seu comentário, conte sempre com a nossa equipe para esclarecer as dúvidas: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco.

  23. Até aqui, lendo os comentários não vi ninguém satisfeito com consórcio, eu sou apenas mais um no meio dessa multidão que esta insatisfeito!!

    1. Olá, Francisco!
      É como falamos no post: o valor das parcelas está diretamente ligado ao valor do bem, que é determinado pela montadora. Assim, sempre que há alteração no valor do bem escolhido, a parcela terá alteração na mesma proporção, isto é, ela poderá aumentar ou reduzir, para garantir o poder de compra de todos os participantes do grupo, contemplados ou não. Lembramos que a variação no valor da parcela está prevista no regulamento do consórcio e, quando ocorre, há um aviso sobre a alteração no boleto de pagamento. Conte com a nossa Central de Atendimento para tirar todas suas dúvidas sobre sua cota: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco.

      Obrigado pelo seu comentário!

  24. Eu estou em um consórcio da Honda xre 300 ja peguei o bem ja esta com um ano, e já paguei aumento duas vezes durante esse período. isso pode sendo que estou com o bem em mão?

    1. Olá, Gilvan. Sim, é possível. Como explicamos no post, no sistema de consórcio, sempre que o fabricante reajusta o valor do bem, essa alteração é repassada às parcelas de todos os participantes do grupo, para manter o poder de compra de todos na hora da contemplação.
      Não podemos esquecer que o consórcio é uma modalidade de financiamento baseada na união de pessoas em um grupo, por isso, todos devem contribuir para manter o poder de compra dos participantes até o fim do grupo.
      Ainda assim, é importante que você continue em contato com a sua administradora de consórcio para esclarecer todas as dúvidas. Agradecemos seu comentário!

  25. Olá! Esse consórcio é uma roubada vamos compartilhar pra ninguém fazer…
    minha parcela era R$ 700 e o valor do bem R$ 38,000 agora estou pagando R$ 820,00…estou muito arrependido com essa merda…

    1. Olá, Timar! Lamentamos que esteja insatisfeito. Na verdade, como falamos no post, o valor das parcelas está diretamente ligado ao valor do bem, que é determinado pela montadora. Assim, sempre que há alteração no valor do bem escolhido, a parcela terá alteração na mesma proporção, isto é, ela poderá aumentar ou reduzir, para garantir o poder de compra de todos os participantes do grupo, contemplados ou não. E se a sua parcela aumenta, o crédito também é valorizado para que você, e todos os participantes do grupo, possam comprar o bem escolhido ao serem contemplados.
      Conte com a nossa Central de Atendimento para tirar todas suas dúvidas sobre sua cota: http://www.disalconsorcio.com.br/FaleConosco. Obrigado!

  26. Minhas parcelas aumentam todo mês,enquanto o consórcio que minha irmã fez em outro grupo o aumento é anual e irrisório, o meu aumenta R$ 30, 40 ou até 50. COMECEI PAGANDO R$ 697 e a minha parcela ja esta em R$ 948, ABSURDO! ESTOU INDIGNADA E ARREPENDIDA, MIL VEZES MELHOR FINANCIAMENTO PQ VC SABE O QTO VAI PAGAR ATÉ O FINAL PQ AS PARCELAS SÃO FIXAS, E OUTRA COISA OS JUROS BAIXO DESSE CONSÓRCIO SÃO ILUSÓRIO,POIS NO FINAL DAS CONTAS COM ESSES AUMENTOS VOCÊ ACABA PAGANDO MUITO MAIS JUROS DO QUE NO FINANCIAMENTO,

    NÃO INDICO A NINGUÉM ESSE CONSÓRCIO DISAL, DECEPCIONADA E ARREPENDIDA.

    SEM FUTURO

    1. Olá, Helena! Lamentamos que esteja se sentindo assim. Na verdade, não trabalhamos com juros, o valor das parcelas está diretamente ligado ao valor do bem, que é determinado pela montadora. Assim, sempre que há alteração no valor do bem escolhido, a parcela terá alteração na mesma proporção, isto é, ela poderá aumentar ou reduzir, para garantir o poder de compra de todos os participantes do grupo, contemplados ou não.
      Se a parcela da sua irmã não tem sido reajustada como a do seu grupo, provavelmente o valor do bem que ela escolheu não teve alterações tão frequentes da montadora.
      Se você ainda não foi contemplada, pode solicitar a troca do bem objeto do seu plano por outro de maior ou menor valor, desde que seguindo os requisitos previstos em regulamento.
      Para verificar essa possibilidade, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050. Nossa equipe está à disposição para ajudá-la. Obrigado!

    1. Olá, Jailton! É como falamos no post, o valor das parcelas está diretamente ligado ao valor do bem, que é determinado pela montadora. Assim, sempre que há alteração no valor do bem escolhido, a parcela terá alteração na mesma proporção, isto é, ela poderá aumentar ou reduzir, para garantir o poder de compra de todos os participantes do grupo, contemplados ou não.
      Mas mesmo com os aumentos, não tenha dúvidas de que fez um bom negócio. Sempre que a parcela sobe, seu crédito também é valorizado. Além disso, enquanto em outras modalidades de financiamento, os custos podem chegar a até aproximadamente 75% do valor do veículo, no consórcio, esse custo fica em torno de 20%.
      Agradecemos seu comentário!

  27. Preciso de um extrato e uma cópia de cada alteração feita pela montadora do valor do bem…mas qd ligo no 0800 o sistema sai fora do ar…obrigação do consórcio a prestação de contas com o cliente afinal pagamos a taxa de administração para isso!!!vou para a justiça pois se quer mandam o demonstrativo de despesas e o rendimento do fundo reserva.Porque não deixam essas informaçoes clara na pagina do consorciado?

    1. Olá, Regiane!

      Sentimos pela dificuldade no contato com a nossa Central de Atendimento, iremos verificar a situação. Por questões de segurança, apenas nossos canais de atendimento oficiais podem fornecer essas informações, você também pode entrar em contato pelos telefones regionais:

      Cuiabá 65 2123.2799
      Rio de Janeiro 21 2574.6999
      Porto Alegre 51 3226.1420
      Salvador 71 3270.7729
      Recife 81 3465.3346
      São Paulo 11 5079.5000

      Além dos canais online:
      http://www.disalconsorcio.com.br/faleconosco
      cac@grupodisal.com.br

      Por qualquer um desses contatos, nossa equipe está à disposição para compartilhar os documentos e informações de que você precisa.

      Obrigado!

  28. Ola, tenho um consórcio e percebi esse aumento:
    – Justo é aumentar o valor do consórcio para que todos tenham que comprar o mesmo bem, o que não fica claro é o que segue:

    Grupo: 300 pessoas bem x.

    Cotas contempladas: 200 cotas.
    Cotas aguardando contemplação: 100 cotas.

    O regulamento do grupo de consórcio explica que todos devem pagar a diferença de parcelas, mas se as 200 cotas contempladas já obtiveram os seus bens, desta forma o reajuste não atingirá estas cotas, pois os bens já foram adquiridos

    Justo seria aplicar o aumento do bem para o total das cotas 100 que estão faltando ser contempladas e ratear este aumento pelas 300 cotas do grupo.

    Da mesma forma que a redução do valor do bem deve ser aplicada somente nas cotas que faltam receber os seus bens, 100 cotas, pois as cotas contempladas pela regra já são beneficiadas e o grupo já pagou o bem com o valor maior e devem manter as parcelas da data da contemplação.

    Esta seria a regra justa!!!

    Mas ainda cabe explicação da situação atual, se não é feito dessa forma como no exemplo acima o aumento cobrado das cotas contempladas, que não terão bens pagos com o valor maior, pois estão já contempladas, o que é feito com este valor?

    pois o aumento serve para garantir a compra das 100 cotas não contempladas, mas são cobrados dos 300 participantes.

    Aguardo esclarecimento.

    1. Olá, Leandro! Agradecemos seu comentário e gostaríamos de conversar melhor com você sobre o exemplo que deu. Poderia nos enviar um telefone para contato? Obrigado!

  29. Minhas parcelas mensal é de quinhentos e pouco fui contemplada e minha parcela subiu para quase setecentos reais porque essa diferença tão grande ? E a vendedora falou que se eu não fosse contemplada não subiria o valor…. Gostaria de saber pq sobe para quem é contemplado pq nessa situação não tem nenhum fabricante subindo .. e tbm gostaria de saber o valor do lance que dei é abatido na onde? Sendo que de vez abater o valor oferecido so subiu o valor das parcelas

  30. Fiz um consorcio e ja fui contemplado. Estava querendo quitar o valor q falta. Se for quitar tera algum desconto?? Pois cada parcela o valor vem reajustado. Nada mais justo que se quitar ter um desconto??
    Aguardo respostas

    1. Olá, Katia!

      Como no consórcio não são cobrados juros, também não há desconto na quitação antecipada das parcelas. Você deve quitar a cota sempre na data da assembleia e, para conferir qual o valor a ser quitado, orientamos que entre em contato com a nossa CAC, pelo 0800 703 0050 ou http://www.disalconsorcio.com.br/faleconosco.

      Se estiver de acordo com as condições, nesse mesmo contato você pode solicitar que o boleto de quitação seja encaminhado para o seu e-mail. Obrigado!

  31. No caso de cotas contempladas e utilização do crédito, havendo descontinuação do bem pelo fabricante, os valores das parcelas do consorciado pode sofrer acréscimo? Qual a base legal disso?

    Caso sofra aumento, o consorciado não irá receber o valor corrigido, pois já recebeu a carta anteriormente e, ainda, terá que arcar com o novo valor, o que me parece abusivo e sem qualquer justificativa.

    Penso que nesse caso os demais integrantes do grupo não podem ser beneficiados e o consorciado contemplado que já retirou seu crédito ficar no prejuízo, pois se isso for admissível haverá enriquecimento ilícito dos consorciados ainda não contemplados.

    Aguardo uma posição.

    1. Olá, Célio! Lembramos que o aumento ou redução no valor da parcela é determinado pela montadora e não tem relação com a taxa de administração. Esta é definida no momento de adesão à cota e não sofre reajustes ao longo do plano. Obrigado!

    1. Olá, Fabio! Lembramos que, quando sua parcela aumenta, o valor do seu crédito também aumenta, garantindo o seu poder de compra. Com isso, você com certeza conseguirá adquirir o bem desejado ao ser contemplado. Obrigado!

  32. boa noite tenho uma cota contemplada na disal 2540 cota 2002 como pode a disal me cobrar 280 por uma taxa de inclusão gravame sendo que no detran se cobra pra incluir e da baixa de 46 reais ja a disal cobra 280 fora as parcela que estão subindo e o colega ai em cima deu um solução pro caso das parcelas e a disal rapidamente pediu o contato dele pois o relato dele tem fundamento e sentido como pode esse absurdo ja que posso incluir o gravame na hora em que dou entrada no cartório e e na hora de transferir pagarei 46 reais agora cobra esse valor absurdo gostaria de uma explicação bem detalhada da disal que nao seja esse formato que deu pra todas as pessoas ai nas mensagem quase lamentava etc.

    1. Olá, Magno! Lamentamos pelo seu comentário. Encaminhamos a situação para nossa Ouvidoria analisar a situação. Você também pode entrar em contato com a equipe para registrar a reclamação pelo 0800 725 2289. Obrigado!

  33. a minha parcela do consorcio aumentou ja quase 100 reais… tdo bem q acompanhe o valor do carro q tem aumentado, mas ja tem um tempo q nao vejo aumento nenhum em relaçao ao valor do carro, mas a unica coisa q nao para de aumentar é a taxa admistrativa q sempre tao me cobrando um valor x q vai ser um absusdo no final das contas… ja vou fazer um ano q nao saio de 15 mil reais e minha parcela é de 340 por mes.
    gostaria de uma explicacao nao referente ao vlor do reajuste do carro mas sim referente a essa taxa administrativa q nao para de aumentar!

    1. Olá, Givanildo!

      Ressaltamos que a taxa de administração não aumenta, ela permanece a mesma ao longo de todo o plano. Orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050 ou http://www.disalconsorcio.com.br/atendimento, para verificar o motivo das alterações no valor da parcela. Nesse mesmo contato, você pode solicitar também o histórico de aumentos do bem contratado em seu plano.

      Conte com a nossa equipe! Obrigado 😉

  34. Pois é amigo.. me esclareça isso q o rapaz aí de cima disse.. se eu pego um classic 1.0 0km no valor de 32mil,(Bem do plano) o carro sai de linha e colocam no lugar o Onix 1.0 no valor de 40mil e eu já tiver sido contemplado com a carta no valor de 32 mil do classic.. Eu vou andar de classic e pagar a parcela do onix? aí é brincadeira né? quem tem q pagar as parcelas reajustadas do novo bem são as pessoas do grupo que ainda não foram contempladas.. que irão usufruir do bem de 40 mil, não eu que tenho o bem no valor de 32mil…

    1. Olá, Mike! Conforme o Regulamento de Consórcio, quando a produção do bem é descontinuada, a substituição do bem acontece por meio de Assembleia Geral Extraordinária, em que os consorciados ativos com as obrigações em dia podem participar. Para saber como funciona, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050, ou http://www.disalconsorcio.com.br/atendimento.

  35. Como o próprio representante da Disal Consorcio falou, quem já foi contemplado não terá mais reajuste na parcela e não é isso que esta acontecendo comigo, eu fui contemplado já estou com o carro e minhas parcelas estão tendo reajustes de 3 em 3 meses. E outra coisa, minha carta de credito é de 42.700,00 eu já paguei 29.057,23 e ainda ta faltando pagar 32.188,24 isso vai dar 61.245,47 já vai dar 18.545,47 a mais e agora q vou pra 13º parcela de 67, quando eu terminar de pagar esse carro vai sair no valor de um Caminhão.

    1. Olá, Marcos! Informamos que, conforme o Regulamento dos grupos de consórcio, quando há aumento no valor do bem, as parcelas de todos os participantes, contemplados ou não, também são reajustadas. Se esta não foi a informação que você recebeu do vendedor, é importante que registre a situação com o vendedor em nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050, para que nossa equipe possa verificar a situação, pois prezamos pela transparência nas informações aos clientes. Obrigado!

  36. Olá a todos, quero deixar aqui minha opinião, e parabenizar pelo post é bem explicativo.
    Fiz um consorcio em 2010 carta no valor de 38.900 em 80 meses com parcelas de 580,00, na época pude cancelar o seguro de vida foi para 550,00. no quarto mês dei um lance de 23.000 e fui contemplado, as parcelas baixaram para 238,00. Hoje na 73º parcela pago 345,00.
    Não acho que fiz mal negocio. Em 2010 fui na agencia ofereci 20,000 de entrada e os 18,000 restantes em 48 vezes em pagaria mais 34,000.

    Ainda acho um bom negócio e farei outro em breve.

    1. É isso mesmo, José!
      Mesmo com o aumento nas parcelas, o consórcio é um negócio vantajoso, sem os altos custos de outras formas de financiamento, como os juros, e o valor do bem ainda é totalmente parcelado.
      Obrigado pelo seu comentário e sucesso com o carro 😉

  37. Quer dizer que tenho que pagar o meu carro e o dos outro fui contemplado com uma carta de 28.000 e nem terminei a carta ja ta em 34.000 e ainda faltam 35×492 quando terminar de pagar vou receber essa diferença todo mes tem reajuste o vendedor mim vendeu dizendo que teria reajuste uma duas vezes no ano, o ano nem terminou ja teve bem ums 3 vou entrar na justiça contra o vendedor e a empresa por danos morais
    E falsa imformaçao. descaradamente estao nos roubando

    1. Olá, André! Lamentamos pelo seu comentário, a Disal preza pela transparência nas informações, desde o momento da venda da cota. É importante que você registre o ocorrido com o vendedor em nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050, para que nossa equipe possa verificar e ajudá-lo no que for possível.
      Agradecemos sua mensagem!

  38. olá, bom dia
    eu fiz um consórcio e a primeira parcela que paguei foi no dia 10/07/2014, no valor de R$488,35. Na sétima parcela eu fui contemplado (dia 12/01/2015).
    Minha pergunta é referente as parcelas que pague após a contemplação. Elas variam todos os meses, tanto para mais quanto para menos, sendo que a que vence no dia 12/009/2016 veio no valor de R$603,31….
    Após a contemplação as parcelas não deveriam se manter fixas de x valor?
    obrigado

    1. Olá, Eduardo! Agradecemos seu comentário. Após a contemplação, as parcelas não se mantém fixas, pois podem ocorrer reajustes no valor do veículo que são determinados pelo fabricante, conforme explicamos no post. Para entender os motivos da variação das suas parcelas, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050. Após confirmar seus dados de cadastro, nossa equipe poderá ajudá-lo com as dúvidas. Obrigado!

  39. Comecei a pagar 700 e poucos reais e hj pago mil cento e poucos reais, fiz o consorcio em 42 x e dei lance de 12.000.00 e fui contemplado, ridículo esse aumento, minha duvida e se terei algum dinheiro a receber no final do consorcio, por causa desse aumento e da crise venho atrasando o pgt, mas falta só mais uma parcela, e me arrependo muito pelo consorcio que fiz, alias cobram seguro de vida, realizei varias reclamações para retirar esse valor e o msm pedia pra realizar uma carta a mão autenticar no cartório para enviar para sede em SP, ridículo!Isso caracteriza venda casada.Um carro no valor de 39.000.00 sairá por 55.000,00 dando 12.000,00 de lance!Pois bem, minha duvida e se vou receber reembolso desse juros abusivo?

    1. Olá, Ewerton! Como no consórcio não há cobrança de juros, não há como prever reembolso ao final do grupo. Conforme explicamos no post, esse aumento refere-se ao aumento no valor do bem, que é determinado pela montadora e está previsto em Regulamento. Caso tenha mais dúvidas ou deseje cancelar o seguro de vida de sua cota, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050. Ressaltamos apenas que não é preciso autenticar a carta em cartório, ela apenas deve ser assinada pelo titular da cota da mesma maneira que está no contrato.

      Agradecemos sua mensagem.

  40. Fiz uma carta de crédito do gol mais básico em 2003 o valor da carta era 29900 dei um lance no valor de 12250 hj o valor do gol mais básico 1.0 duas portas , que dava pra comprar na época eles me cobram um valor de 44880 um gol trendline 1.6 sendo esse não o gol básico cobrado tem hj o com básico no valor de trinta e cinco mil porque não cobra por esse valor . Se puder me ajudar agradeço obrigado

  41. Fiz o consorcio pagando uma parcela de R$720,00.. depois de 12 meses, fui contemplado. Porém, depois de ter recebido o valor do bem, a parcela continua aumentando a cada mês. Gostaria de que respondesse mencionando a legislação que fala a respeito disso. Qual é a lei e artigo que regulariza o aumento do bem após a contemplação. Obrigado.

    1. Olá, João! O Regulamento de Consórcio é baseado na Lei 11.795, de 2008: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11795.htm e fiscalizado pelo Banco Central do Brasil, órgão que regulamenta o sistema de consórcio no Brasil. Nosso Regulamento completo está à disposição no nosso site: http://www.disalconsorcio.com.br/regulamento-do-consorcio. Caso tenha mais dúvidas, conte também com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050 ou http://www.disalconsorcio.com.br/atendimento. Obrigado!

  42. Olá Boa noite.

    Ofertei um lance e fui contemplado, no mês 12/2016, nessa contemplação meu valor de bem era R$38.470, se passaram dois meses e resolvi utilizar a carta, sendo que hoje meu valor de bem é de R$ 39.240, gostaria de saber, de qual valor de bem tenho direito? Já que vocês pregam que o valor é aumentado justamente para que o consorciado consiga comprar o veículo de acordo a valorização pelo fabricante.

  43. bom dia,comprei um carro e estou pagando as parcelas através do consorcio, porem meu carro saiu de linha e as parcelas só aumentam o valor a cada mês, o que devo fazer? Esta correto isto?

    1. Olá, Adriana! Quando um bem é descontinuado, é realizada uma Assembleia Geral Extraordinária para que os consorciados possam decidir por meio de voto sobre a substituição do bem, conforme conta no Regulamento. Para saber mais detalhes dessa substituição no seu grupo, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050 ou http://www.disalconsorcio.com.br/atendimento. Obrigado!

  44. ola minha carta de credito é de 36 mil, sendo o bem gol trend, posso mudar o veiculo? por um usado? posso adquirir de qualquer marca? e posso pegar o valor da carta de adquirir qualquer bem?

    1. Olá, Elder! Você já foi contemplado? Lembramos que o bem de sua cota é apenas um referência para o valor da carta de crédito, mas você pode escolher o melhor carro para você, usado ou seminovo, de qualquer marca, na hora de usar o dinheiro. Caso tenha mais dúvidas, conte também com a nossa Central de Atendimento, pelo 0800 703 0050 ou http://www.disalconsorcio.com.br/atendimento. Obrigado!

  45. Minha carta quando contratada foi de 33.990, e eu iria pagar 37.550 (com taxas). Agora com reajuste do bem, por enquanto, terei que pagar 43.560. No final do consorcio minha carta de crédito ainda terá valor de 33.990?

  46. Olá boa tarde , estou com duvida fiz um consórcio paguei 1 parcela dei um lance fui contemplada pagava 649,00 no mês seguinte veio a parcela 767,00 achei o aumento abusivo posso fazer alguma coisa??? Porque estou sem condiçoes de pagar os 767,00 e já estou preocupada porque ainda faltam 41 parcelas .

    1. Olá, Ana Paula! Para verificar a situação da sua cota, é necessário verificar o histórico da cota, e apenas nossa equipe de atendimento pode acessá-la, após confirmar os dados do titular da cota. Orientamos que entre em contato pelo 0800 703 0050, ou um dos telefones regionais listados abaixo. Você também pode entrar em contato pelo cac@grupodisal.com.br. Obrigado!

      · Cuiabá 65 2123.2799
      · Rio de Janeiro 21 2574.6999
      · Porto Alegre 51 3226.1420
      · Salvador 71 3270.7729
      · Recife 81 3465.3346
      · São Paulo 11 5079.5000

  47. Boa tarde
    Gostaria de saber se vale a pena esperar o término dos pagamentos das parcelas e resgatar o dinheiro, se sim o quanto vou conseguir resgatar? Vai ser descontado alguma coisa?

    1. Olá Maria! Para solicitar o procedimento e retirar o crédito em espécie a cota ela deve possuir mais de 180 dias após a data da contemplação ou após a data da última assembleia. A cota estando contemplada e você esperar para solicitar este procedimento após a última assembleia, os valores estarão atualizados, pois ficam sofrendo rendimentos. Não é descontado nenhum valor neste procedimento. Para saber a respeito dos valores da sua cotam orientamos a entrar em contato com a nossa Central de Atendimento através do 0800 703 0050.

  48. tbem estou sendo lesado por essa empresa de pessima qualidade e um abisurdo isso pior do que faze um financiamento vc paga quase o dobro do valor do que vc comprou se depender de mim nao vende para mais ninguem consocio de pessima qualidade vendedores mentiros sem juros pior palhaçada do mundo isso tem varios insatisfeito se fosse um vamos la ne mas ver ja fui contemplado 33,900 ja paguei 39,000,00 ainda devo 13,000.00 e melhor da palhaçada sem juros isso friso saiam fora dessa empresa que engana seus clientes na cara dura

    1. Olá Andre! Conforme foi informado os reajustes são passados pelas Fabricas e Montadoras do Bem sendo aplicado para todos os consorciados sendo Contemplados ou não.

    1. Olá Leandro! Como mencionamos acima, o valor que você tinha de Crédito em 2014 aumentou justamente para manter o poder de compra da sua carta acompanhando o valor atual do bem de referência. Lembrando que a alteração no valor do bem (aumento ou redução) é determinada pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios.

  49. Bom dia, vocês informam que o aumento do bem é dividido pelo grupo, participo de um grupo da disal não contemplado sendo que no meu caso houve um aumento que” vocês” consideraram expressivo (8./.)e esse aumento total foi repassado diretamente no meu saldo devedor, dessa forma não dá para entender essa explicação de vocês já reclamei na ouvidoria e através do banco central também, acho que não tem cabimento esse repasse de aumento já que não houve troca de bem.

    1. Olá André! Quando ocorre o aumento no valor de algum Bem, este reajuste é passado para todos os consorciados que possuem este bem como referência para a sua carta de crédito, ou seja, se ocorrer um reajuste de 2% no “Gol 1.0 modela A” todos os consorciados que possuem uma carta de crédito onde o bem de referência é o “Gol 1.0 modela A”, todos sofreram o mesmo reajuste estando contemplados ou não. Para mais informações sobre a sua cota em especifico, entre em contato com a Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  50. Na verdade eu até pretendia fazer um consórcio, mas diante de tanta reclamação prefiro o financiamento, como vamos saber se a parcela final irá caber ou não em meu orçamento o financiamento vc já conhece a última parcela fica a dica pesquisei hoje e vi q não era o q estavam me propondo

    1. Olá Jancley! O Financiamento e o Consórcio são produtos diferentes e cada um tem as suas vantagens. A parcela do Financiamento temos o conhecimento do valor da ultima parcela porém tem que avaliar se no final irá compensar pagar os juros projetados em cima do valor do Bem. Em Consórcio não possuí juros sobre o Bem referenciado e isso já abaixa o valor da parcela mensal ou do prazo contratado, ficando sujeita apenas aos reajustes no valor do Bem pelas Fabricas e Montadoras. Entendemos devemos adquirir os produtos que atendem as nossas necessidades e expectativas.

  51. Como faço pra saber sobre os reajuste do valor do bem.
    No meu caso, o veiculo é um celta, que já saiu de linha e ainda assim aumentou o valor, como pode aumentar o valor de um carro que ja saiu de linha?

    Acredito que deveria ter uma base para esse aumento, e não apenas ser repassado sem nenhuma justificativa.

    1. Olá Vinicius! Quando o Bem referenciado sai de linha, é enviado algumas sugestões para alteração do Veículo para as cotas ativas do grupo, onde será alterado também para as cotas contempladas para o bem mais optado pelos consorciados ativos. Oriento entrar em contato com a Central de Atendimento pelo 0800 703 0050 para verificar qual é o Bem que hoje está como referência de sua cota.

  52. olá, gostaria de saber se pode haver alteração do valor da parcela do consorcio, pelo fato do bem celta life ser o almejado, valor 30 mil reais, porém ser alterado por um onix no valor de 42 mil, sob a alegação de ser o compatível com o celta. não existe uma deformidade? contratei um celta.

    1. Olá Hilderico! Na hipótese de ocorrer a descontinuação do bem referenciado, ou seja, a Montadora interromper sua produção, será necessário fazer a alteração do Bem de referência para um outro de valor aproximado que ainda seja fabricado. Para mais informações referente a alteração do bem referenciado entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  53. Olá, também sou cliente da Disal. Fui sorteada e vou adquirir um veículo seminovo. Com relação a estes ajustes que ocorrerão, mesmo após eu usar o crédito q tenho disponível, o que EU ganho com isso? Sim, Entendi que o valor aumenta por causa do aumento pela montadora … Mas peço que me entenda e entenda os demais clientes na mesma situação. Este valor que será realizado a mais será devolvido no final ? Caso negativo, o que acontece? Saio no prejuízo o (pois não terei
    o retorno deste que está “supostamente investido”? Gostaria que me respondesse aqui no chat, tendo em vista que os atendentes não sabem responder com afinco, e para que demais clientes também saibam da resposta. Pois também estou neste chat para esclarecer dúvidas ( já que ele existe)!

    1. Olá Gabriela! O reajuste é aplicado para todos os consorciados contemplados ou não, para que todos tenham acesso ao Bem com o valor reajustado.

      Se caso ocorresse a contemplação de uma cota na primeira assembleia, onde o consorciado seria contemplado com o valor atual do bem e não sendo repassado qualquer reajuste para esta cota, não estaria contribuindo para as contemplações das demais cotas pertencentes ao Grupo. Pois se o bem sofresse um reajuste de 15% dentro de 3 anos, o valor da contribuição mensal não supriria a necessidade de arrecadação para realizar as contemplações, diminuindo cada vez mais o poder aquisitivo do Grupo.

  54. Responda objetivamente por favor . Fui contemplado em 2015 e utilizei o valor do bem que era de R$ 27.007, 50. Depois disso, continuei pagando as parcelas reajustadas conforme o aumento estipulado pela montadora. Hoje o valor do bem é de R$33.397,00, ou seja , quem for contemplado hoje resgatará esse valor. É isso que chamam de garantir o mesmo poder de compra de todos os participantes ? Pago a mais por um bem que já foi contemplado por um valor menor ? Não poderei solicitar esta diferença quando acabar de pagar todas as parcelas?

    1. Olá Rafael! O reajuste é aplicado para todos os consorciados, sendo contemplados ou não, garantindo o poder aquisitivo do Grupo. Se o valor do reajuste não fosse aplicado, a cota já contemplada não contribuiria com o Grupo de uma maneira justa. Por exemplo, se o valor das parcelas mensais continuassem sendo calculada em cima dos 27mil não supriria a necessidade de arrecadação do grupo, diminuindo cada vez mais os números das contemplações.

      Lembrando também que existe a possibilidade do bem referenciado sofrer uma reajuste negativo, aonde diminuiria o seu valor no mercado. Por exemplo, uma carta de 27mil sendo reajustada para 24mil. Neste caso as cotas contempladas com o crédito de 27mil, pagaram o valor de parcela reajustada para menor e continuariam ajudando o seu Grupo de maneira justa, pois todos os consorciados tem o direito de ter acesso ao valor da carta de crédito atualizada conforme o valor do bem naquela data.

      Obrigado por participar do nosso Blog!

  55. gostaria de entender a seguinte situação, fiz uma carta de 33.700, dei lance e já comprei o carro no valor de 33.700, porem hoje o valor do bem no extrato esta 34.210 um aumento de 510,00 reais, esses reajuste vão ser ressarcidos, pois alem de pagar a taxa de adm temos que pagar esse aumento absurdo, pois vou pagar algo que não vou usar.

    1. Olá Amaury! Conforme respondido já para a Gabriela, o reajuste é aplicado para todos os consorciados contemplados ou não, para que todos tenham acesso ao Bem com o valor reajustado.

      Se caso ocorresse a contemplação de uma cota na primeira assembleia, onde o consorciado seria contemplado com o valor atual do bem e não sendo repassado qualquer reajuste para esta cota, não estaria contribuindo para as contemplações das demais cotas pertencentes ao Grupo. Pois se o bem sofresse um reajuste de 15% dentro de 3 anos, o valor da contribuição mensal não supriria a necessidade de arrecadação para realizar as contemplações, diminuindo cada vez mais o poder aquisitivo do Grupo.

  56. Bom dia!
    Eu gostaria de saber se eu tenho uma carta de crédito de 60 mil reais ,porém o veículo que proucuro custa 90 mil reais ,na concerssionaria eles dividiriam o restante de alguma forma ou teria que pagar à vista o restante?

    1. Olá Klaus! Neste caso se trata de negociação entre fornecedor e consorciado, sendo assim você deverá verificar diretamente com a concessionária aonde for realizar o faturamento do veículo.

  57. Sinceramente é conversa pra “boi dormir”.

    Infelizmente comprei o carro com consórcio desta empresa (DISAL), no qual fiquei com pena da pessoa quem comprei o carro (pq ele perdeu mais de R$ 10.000,00) ao saber que a taxa de administração era de 25% – VINTE E CINCO PORCENTO – porém pra minha surpresa as parcelas vem subindo sistematicamente. Sempre adquiri consórcio do BANCO DO BRASIL, inclusive o último que tinha passei para a pessoa que comprei o carro, que na ocasião a taxa era de 13,5%, quase a metade, sem falar que TODOS os consórcios que tive até hoje, as parcelas sempre foram fixas.

    Já estou levantando quanto a legalidade destes aumentos, para ajuizar uma ação contra os mesmos, não importa se estão aumentando 1 centavo, não é possível que o país vivendo deflação e juros reduzidos a metade, esses sangue-sugas, vem com essa teoria furada.

    Todos os canais que eu puder alertar a possíveis clientes irei fazer com muito prazer!!!

    att.,

    LUCAS VIEIRA DA SILVA
    GRUPO 2622
    COTA 043

    1. Olá Lucas! Conforme é informado no artigo acima, o reajuste do Bem vem das Fabricas e Montadoras e é repassado pela Administradora para todos os seus consorciados, se tratando de uma norma já prevista no Regulamento dos Grupos de Consórcio que está em conformidade com o disposto na Lei 11.795/2008 e Circular-BACEN 3.432/2009.


      O que determinará a frequência do reajuste no Bem referenciado é a “lei da demanda”, onde aumentando o número de venda deste produto a possibilidade do seu valor ser reajustado aumentará. Como nossos planos de consórcio são voltados apenas para veículos leves, o que determinará a frequência do reajuste é o número de saída do modelo do veículo contratado no mercado.


      Comunicamos que nossa Taxa Administrativa cobrada é de 16% e 20% quando consorciado opta pelo faturamento do crédito integral em 100% e quando contratado o plano light os consorciados podem optar por faturar 75% da carta de Crédito alterando também a Taxa Administrativa contratada de 16% para 12% e de 20% para 15%. Para grupos especiais a taxa de administração contratada de 14%.


      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

      1. Então tem algo errado no meu contrato.

        Veja abaixo os dados que copiei do extrato da minha conta, onde mostra a % da Taxa de Administração, além de outras informações:

        DADOS DA COTA
        NIP Contrato Edição Opção de Crédito % FC % TA % FR % SV % SQG Status da Cota
        1022866 983934 19 Consorciado 100,000000 25,000000 0,000000 0,081680 0,000000 Cota Ativa

        1. Olá Lucas! Possuímos alguns grupos promocionais onde a Taxa Administrativa e o Prazo contratado é diferenciado. No seu caso a Taxa Administrativa é de 25% e o prazo do grupo é de 100 meses.

          Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  58. Ninguém faz aquisição de uma carta de crédito, por exemplo, de um GOL no valor de R$ 30.000,00 pra comprar aquele GOL. O objetivo é ter os R$ 30.000,00 para comprar o veículo que ela quer. Exemplo real é o meu caso, tenho uma carta de um UP! HIGH 4 PORTAS com valor do bem em R$ 52.154,00 hoje, porém comprei um carro de R$ 100.000,00.

    Todos que adquirem uma carta, contrata pensando no valor que ela precisa e não no valor simplesmente do bem, se preciso de 30.000,00 é esta a carta que irá contratar!

    Por isso reafirmo… Conversa pra “BOI DORMIR” e encherem mais o bolso de vcs.

    1. Olá Lucas! O Grupo de consórcio possui um objetivo, que é o faturamento de um Bem objeto em Comum dos seus participantes. Quando contratado uma cota o consorciado escolhe um Bem que deseja para servir de referencia e ditar o valor para sua carta de crédito. O consorciado sabendo que pode utilizar a carta de crédito para faturamento de um bem com valor superior não determina o real proposito do serviço adquirido mas sim o objetivo daquele consorciado em especifico.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  59. Já me arrependi já tou com Meu carro na garagem eu tava pegando 1.046 a parcela já está 1.186 isso é roubo Consórcio tinha que ser parcela fixa…

    1. Olá Adilio! Como é mencionado no artigo por se tratar de um investimento em grupo, todos os participantes (contemplados ou não) precisam contribuir para que o caixa do grupo possibilite a compra do bem, garantindo que todos tenham o mesmo poder de compra ao serem contemplados. Assim, todos os participantes poderão ver o bem contratado na garagem. Lembramos também que esse aumento ou redução no valor da parcela é determinado pelo fabricante e vale para todo o sistema de consórcios.

      Agradecemos por participar do nosso Blog!

  60. estou totalmente arrependido de comprar meu carro na disal.
    o valor da prestação não para de subir , porem meu carro ja desvalorizou e muito.
    na epoca meu carro estava novo e com prestação de 600,00 reais . hoje meu carro ja esta velho e a prestação ja esta 800,00. porque tenho que pagar tabela do carro zero se o meu so desvaloriza?

    1. Olá Loenil! Os valores das parcelas mensais são calculados sobre o valor atualizado do Bem de referência selecionado pelo consorciado na adesão do contrato, onde o seu valor poderá ser reajustado pelo seu Fabricante e repassado para todos os consorciados pela Administradora, conforme é previsto em Regulamento dos Grupos de Consórcio, Capítulo VI – Parcelas Mensais, Cláusula 12:

      “Para apuração da PARCELA MENSAL, referidos percentuais serão aplicados sobre o valor do bem objeto do plano, vigente na data da Assembleia Geral Ordinária respectiva, com base na Tabela de Preços do Fabricante/Montador ou Importador do bem. Eventuais DIFERENÇAS serão cobradas e/ou compensadas na PARCELA MENSAL subsequente, na forma do disposto no Capítulo XIII deste REGULAMENTO.”

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  61. Quando fiz o consorcio o vendedor disse-e que se fosse contemplada ( Lance ou sorteio) as prestações não sofreria mais reajustes. Porem fui sorteada e as parcelas estão tendo reajustes. Propaganda enganosa do vendedor da Disal.

    1. Olá Maria! Os valores das parcelas mensais são calculados sobre o valor atualizado do Bem de referência selecionado pelo consorciado na adesão do contrato, onde o seu valor poderá ser reajustado pelo seu Fabricante e repassado para todos os consorciados pela Administradora, conforme é previsto em Regulamento dos Grupos de Consórcio, Capítulo VI – Parcelas Mensais, Cláusula 12:

      “Para apuração da PARCELA MENSAL, referidos percentuais serão aplicados sobre o valor do bem objeto do plano, vigente na data da Assembleia Geral Ordinária respectiva, com base na Tabela de Preços do Fabricante/Montador ou Importador do bem. Eventuais DIFERENÇAS serão cobradas e/ou compensadas na PARCELA MENSAL subsequente, na forma do disposto no Capítulo XIII deste REGULAMENTO.”

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  62. fiz um consorcio de up 2 portas 2015 , 29 , 990 usei esse vaor .. hoje eles querem q eu pague 42 mil estão de brincadeira ainda bem q existe brecha para entramos na justiça .. vamos em frente

    1. Olá William! Conforme regulamento o reajuste é aplicado para todos os consorciados contemplados ou não, para que todos tenham acesso ao Bem com o valor reajustado.

      Se caso ocorresse a contemplação de uma cota na primeira assembleia, onde o consorciado seria contemplado com o valor atual do bem e não sendo repassado qualquer reajuste para esta cota, não estaria contribuindo para as contemplações das demais cotas pertencentes ao Grupo. Pois se o bem sofresse um reajuste de 15% dentro de 3 anos, o valor da contribuição mensal não supriria a necessidade de arrecadação para realizar as contemplações, diminuindo cada vez mais o poder aquisitivo do Grupo.

  63. comprei um voyage 2011-2012 ~a minha carta era no valor de 31.900.etou pagando um valor de como estivesse comprado um carro novocolocado up dua sportas mais foi pego um semi novo.gostaria de saber isso.e o que ja paguei e resta pagar o valor que paguei eestou pagando.liguei para consersonaria vokwagem me disse que o ano dese carro me pagaria 17.000 e ai

    1. Olá Antonio! Os valores das parcelas mensais não são calculados sobre o bem faturado sobre mas sim sobre o valor atualizado do Bem de referência, selecionado pelo consorciado na adesão do contrato, onde o seu valor poderá ser reajustado pelo seu Fabricante e repassado para todos os consorciados pela Administradora, conforme é previsto em Regulamento dos Grupos de Consórcio, Capítulo VI – Parcelas Mensais, Cláusula 12.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  64. Olá Disal !!
    Não consigo entender : pago $480,30 no plano de 60 meses, que dar um valor de $28,818 no somatorio de 60 meses, e por que se eu for contemplado vou receber uma carta de 32,590 ?? O vendedor me explicou, mas até agora não entendi ainda.. Podem me explicar bem detalhadamente??
    Agradeço.

    1. Olá, Lucas! Para informações relacionadas ao seu grupo e cota, orientamos que entre em contato com nossa Central de Atendimento ao Consorciado através do telefone 0800 703 0050.

Postar um novo comentário