Saiba mais sobre as novas placas Mercosul

Você sabia que em breve todo o Brasil fará parte de um novo padrão de placas de automóvel que engloba todos os países do Mercosul? Sim! A primeira cidade que adotou as placas Mercosul foi o Rio de Janeiro, só que por enquanto a utilização delas é opcional e sua obrigatoriedade só vale a partir do dia 1º de Dezembro.

Porém, por enquanto você não precisa se preocupar tanto com a mudança. As placas não serão obrigatórias para todos os veículos até 2023. De acordo com o Ministério das Cidades, a adoção das novas tarjetas será imediata para veículos novos, para carros que peçam transferência de propriedade, de domicílio e alteração de categoria. Também podem trocar a placa os motoristas que desejarem usar o novo padrão.

Isso quer dizer que um veículo já emplacado poderá circular com o modelo atual até o fim da vida, se permanecer com o mesmo dono e no mesmo município. A mudança só será exigida caso você venda o seu carro, por exemplo.

A principal mudança da nova placa está no padrão visual, que será sempre com fundo branco e uma faixa azul na parte superior. O que vai definir a categoria do veículo serão as cores das letras e números.

A sequência também foi alterada. O sistema atual, com três letras e quatro números (AAA-0000) dará lugar a um com quatro letras e três números (AAA0A00).

As novas placas também ajudam a população a vencer os problemas de fraudes e clonagens, pois elas terão uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação e o número serial da placa.

Inicialmente, todas as placas irão com QR Code e há previsão, também, de se adotar chip.

Postar um novo comentário