Como usar o décimo terceiro salário no seu consórcio?

0 Comentários

Como usar o décimo terceiro salário no seu consórcio?



O décimo terceiro é uma ótima forma de organizar sua vida financeira. Para você que tem um consórcio, confira essas dicas.

 

Um dos momentos mais aguardados por todos os trabalhadores CLT, é o recebimento do décimo terceiro salário. Com certeza faz uma boa diferença no orçamento de qualquer um, ainda mais no fim ano. Porém sabemos que, muitos brasileiros não sabem como utilizar de maneira consciente.

Investir o décimo terceiro salário em um consórcio é uma das melhores formas de fazer o dinheiro trabalhar a seu favor. Método inteligente para alcançar objetivos, pois permite a compra do seu bem, por meio do pagamento de parcelas mensais. Isso faz deles uma ferramenta para uma vida financeira mais organizada e tranquila, sem dores de cabeça.

Para você que tem um consórcio, separamos algumas formas que esse dinheiro pode te ajudar. Sempre de maneira planejada e inteligente!

decimo-terceiro-salario

 

Regularizar o consórcio

Acertar as dívidas é uma das utilizações mais comuns para esse dinheiro extra recebido no final do ano.

A prioridade para quem está em situação de inadimplência deve ser sempre o pagamento das contas em atraso. No Sistema de Consórcios, não é diferente. Se você está inadimplente, sua prioridade deve ser colocar as prestações em dia.

O consórcio é uma forma de alcançar objetivos em grupo e é preciso garantir a segurança e o direito de compra de todos os participantes. O atraso das parcelas traz prejuízos tanto para consorciados ainda aguardando a contemplação quanto aqueles já contemplados.

Aqueles que ainda não foram contemplados, podem ter sua contemplação cancelada se as parcelas estiverem atrasadas, ou nem sequer participar dos sorteios enquanto a situação persistir. Em casos mais extremos, o consorciado inadimplente pode ser excluído do grupo.

Já os que estão contemplados, devem seguir pagando as parcelas até o final, o atraso pode levar a execução leis impostas em contrato pela Administradora, como busca e apreensão do veículo.

Dessa forma, procure a Administradora e regularize sua situação o mais rápido possível, para evitar maiores transtornos.

 

Antecipar parcelas

Caso você não tenha nenhuma pendência de pagamento, pode aproveitar esse dinheiro extra de outra forma. Pensando em eliminar algumas dívidas, poderia antecipar o pagamento do consórcio, o que reduz o seu prazo com a Administradora.

Para antecipar suas parcelas, o consorciado ainda não contemplado deve consultar as condições acordadas em contrato com a Administradora. Já aqueles que foram contemplados podem fazê-lo a qualquer momento após a contemplação.

 

Oferecer lances

Estando todas as pontualidades do seu consórcio em dia, para tentar antecipar sua contemplação pode ofertar um lance com esse valor. Ou seja, você conta com a sorte, mas também com o seu planejamento financeiro.

Investir certa porcentagem do valor da sua carta de crédito, coloca você em um seleto grupo de consorciados e amplia suas chances de conquistar sua meta. Por isso, quanto maior o lance ofertado, maiores as possibilidades de conquistar seu carro novo, em poucos dias.

Dessa forma, o vencedor do lance é aquele que realizar a maior oferta dentro das regras previstas e somente terá que fazer o pagamento quem vencer essa disputa. Em caso de empate, pode ser feito um sorteio ou adotado outro critério de desempate previsto em contrato.

 

Complementar o valor da carta de crédito

Essa é uma ação um pouco mais ousada e arrojada. Aqueles que foram contemplados e ainda não usaram a carta de crédito podem aproveitar o dinheiro recebido no final do ano para complementar o valor do crédito, caso ele tenha valor maior.

Isso não é obrigatório em nenhuma circunstância, mas é interessante para quem deseja adquirir um bem com valor maior que o planejado anteriormente.

Vale reforçar que o consorciado tem flexibilidade na hora da aquisição, mesmo que seu contrato seja referenciado em determinado bem, você pode adquirir outro, desde que pertencente à mesma categoria.

 

Quitar o consórcio

Fazer um investimento a longo prazo pode gerar ansiedade em algumas pessoas. Se você quer o quanto antes adquirir o bem que está investindo, muito provavelmente considera formas de quitar a sua cota de consórcio o quanto antes.

Por mais que o consorciado tenha direito de quitar a cota de consórcio quando desejar, precisa estar atento às regras específicas do grupo em que está inserido.

Quem já foi contemplado pode quitar todo o saldo em aberto junto à administradora. Com isso, não será preciso arcar com as correções de valor da montadora, será aberto um espaço no orçamento, e o consorciado encerrará sua participação no grupo, tendo todas as garantias liberadas.

A quitação do consórcio (ou mesmo a antecipação das parcelas) não implica necessariamente na concessão de descontos do valor pago. Tal negociação deverá ser feita direto com a administradora.

 

Criar uma reserva

Reserve parte desse valor para outros tipos de investimento, o que pode ser muito útil no caso de alguma eventualidade (problemas mecânicos, problemas de saúde ou necessidades financeiras). Se ainda não tem, crie um fundo de emergência para situações inesperadas e reserve parte do décimo terceiro salário para essa finalidade.

 

Começar um consórcio

Que tal usar o seu dinheiro extra para investir no seu consórcio, e conquistar o seu bem desejado?

A Disal Consórcio te ajuda nessa conquista, independente de qual seja o modelo dos seus sonhos, além de te assegurar em caso de algum imprevisto!

Oferecemos vários planos com preços que cabem no seu orçamento, faça agora mesmo sua simulação!

simule agora

Assine nossa Newsletter Saiba mais sobre consórcio